Notícia

Projeto Picolé para Todos: Honestidade custa pouco e vale muito

  30/11/2018
  10:18
  Atualizado em 16/01/2019 11:41

Há coisas que nem todo o dinheiro do mundo deveria comprar. Uma delas é a honestidade, que custa muito pouco para ser praticada e tem grande valor como atitude. Com o projeto Picolé para Todos, em vigor no TRT-10 desde o início de outubro, a ideia é transformar os R$ 2 de cada picolé pago – sem assistência de vendedor ou vigilância por câmeras – em rotina de incentivo à disseminação da cultura de honestidade, a fim de ajudar a construir uma sociedade mais justa e harmoniosa para todos.

O custo simbólico do picolé deve ser deixado dentro de uma urna disponível em cima do freezer – atualmente localizado próximo ao hall dos bancos, no primeiro andar do edifício-sede. Lembrando que todo o dinheiro arrecadado é usado para compra de novos picolés. Além disso, a arrecadação do estoque anterior de picolés determina a quantidade de picolés a serem enviados na próxima remessa.

Seja você o modelo da mudança

Para cumprir com sua finalidade, o projeto divulga semanalmente a evolução da taxa de honestidade. Quanto mais próximo de 100% estiver o índice, mais sólidas e fortes serão as bases para construção de um país melhor. No TRT-10, o último levantamento indica que essa taxa está em 74,4%, demonstrando uma queda de 12,1% em relação ao índice registrado na semana anterior. A média geral de todo período analisado está em 88,7%, com grande potencial de crescimento, o que só depende de nós!

O Projeto

Idealizado pelo professor Marcelo Lima, o projeto “Picolé para Todos” está presente em mais de 150 locais na capital federal, desde igrejas, condomínios residenciais, até órgãos públicos. O TRT-10 foi o primeiro tribunal no Distrito Federal a receber a iniciativa. “Eu quero mostrar para vocês que a corrupção no Brasil encarece tudo”, disse Marcelo em palestra sobre o projeto. Segundo ele, a luta de quem vai vencer a corrupção é individual e a mudança deve começar em cada um de nós. “Espero que realmente mudemos o Brasil”, declarou.

 

Apuração picolé - Taxa de honestidade

Fonte/Autor: NUCOM TRT10 (Bianca Nascimento), para ASDR - Associação dos Servidores do TRT 10ª Região.
   picolehonestidadeesquecimentoice-pop


Sobre nós

A Associação dos Servidores do TRT da 10ª Região (ASDR) foi fundada em 02 de setembro de 1984. Entre seus objetivos estão, promoção da união entre os servidores, busca de condições que levem a melhoria da qualidade de vida, em todos seus convívios profissional, familiar e social.

Contatos

EDIFÍCIO SEDE
Endereço: SAS Quadra 1, Bloco "D" Sala 107
Praça dos Tribunais Superiores Brasília/DF - CEP: 70.097-900
Telefone: (61) 3348-1213, (61) 3225-2616. Email: asdr@asdr.org.br
FORO DE BRASÍLIA
Endereço: SEPN 513, Bloco B, Lotes 2/3, 1º Subsolo - Sala 24
Brasília/DF - CEP 70.760-522
Telefone: (61) 3348-1610, (61) 3034-2006. Email: asdr@asdr.org.br

Facebook

ASDR - Associação dos Servidores do TRT 10ª Região   61 3348-1213
0729